13/02/16

Serotonin ~ aka Espasmos Emocionais ~

Está na hora de ser como todo alguém, dar só o que te convém
Não devas nada a ninguém - só por que te quer bem...

Essa definição é uma constante incógnita, afónica
Um sentimento individual - de cada núcleo pessoal,
únicamente universal!
A busca do realmente real é incessantemente cativante
a incerteza hipnotizante - cegamente aliciante...
Dois lados da mesma moeda -  ganho e perda,
então arreda - pé ou sê sensato:
Rato em pêlo de gato!
Ganha tacto e troca o fato pela pele,
fica grato pelo mel - que a colmeia te garantiu,
aquele papel que já fugiu.

-
Cicatriza, cauteriza - transmuta que resulta.
Aplica, verifica - a harmonia ao fim da gruta.
Transforma, toma forma - ilumina a tua luta.
Tu sabes bem que ninguém é como outrém.
-

O que restará na penumbra do desconhecido?
Desprovido da percepção material num organismo sustentável
por químicos etéreos - pensamentos alucinogénios
Dependentes da nossa implacável maldição:
A noção do poder de escolher - entre o bem e o mal.
Noutra linha de espaço-temporal há de estar tudo normal
ego engolido, poder esquecido e prazer bem vivido
Virtual, espiritual e emocional - tudo no seu estado natural;
Mas qual será o preço de tal? Continuarias igual?

-
Cicatriza, cauteriza - transmuta que resulta.
Aplica, verifica - a harmonia ao fim da gruta.
Transforma, toma forma - ilumina a tua luta.
Tu sabes bem - que ninguém é como outrém.
-

História em loop e replay - história em loop e replay,
Sabes tão bem quanto eu sei, melhor do que ninguém
A diferença está no ínfimo do interior
corroída por ilusões de alusões a algo melhor
Seja lá o que isso for!
Porque viver é dar tudo a perder
Consumir a vida pelos seus estranhos imprevistos
desinfectar as feridas com químicos mistos
Lágrimas de dopamina, espasmos de serotonina
e toda uma sina.

A tua intuição de virtude está na tua intenção e atitude.

-
Cicatriza, cauteriza - transmuta que resulta.
Aplica, verifica - a harmonia ao fim da gruta.
Transforma, toma forma - ilumina a tua luta.
Tu sabes bem - que ninguém é como outrém.
-

~https://soundcloud.com/fungx_experiment/espasmos-emocionais~

08/01/16

Riddle me this...

Morality is overrated, all feelings discombulated - complicated on a swirl of false hope
but you can see through the facade and grow up
make a bet, practice makes perfect and neglet is the worst regret
It's heal and be healed - kill or be killed
how will you feel when shit gets real - and hits the fan(?) Moaning and screaming, wishing that you ran and scram?!
But you won't, you can't, you don't:
Fuck the shame - take the blame - have the pain
and greet the annoyance - it's essence and blessing
That's timing and relevance - that's life and its substance
Intensity and combustion - difference and illusion:
We all need such on a daily basis,
after all, we all go through similiar phases and stages
And it just might be easier to advance with someone by our side,
as objectives and distances colide - we can enjoy the ride...

-
So use your head if you have one, get a brain if thou've got none
Responsability or fun?
To walk or to run?
You're in charge of what you own and postphone
Assimilate your personality with serenity, purpose and finality:
Embrace the eternal mortality.
-

There are no coincidences nor random occurences
destiny comes trough our influences and senses
That's why Ill pull all the strings of sensations - dreams and situations
Maybe with some negotiations, never lacking symptoms:
of the universe and beyond - But here I am safe and sound
in the confort of my home and my own background
So who am I to judge you, confront you or speculate about the truthness of your bound?
but then again - Who are you to make me act like a foul, drool and feel crazy like Deadpool?
Like life, we're cruel - a duel of duality and a certainty:
The moment it began it also all ended - it was decided and embedded.
I'll be glad and satisfied with what you provided and divided
In the proof of what survived,
Forever is a lie - we only get what's in between
Hello and goodbye.

-
So use your head if you have one, get a brain if thou've got none
Responsability or fun?
To walk or to run?
You're in charge of what you own and postphone
Assimilate your personality with serenity, purpose and finality:
Embrace the eternal mortality.
-

So let it sink in and relax - recharge to your max potential
dissipate in the marijuanna smog and be rational - sensational
Back on track with no turning back - turn your back to the brainless attack on decency.
What's cool for you, it's cool for me you see(?)
So roll this, pray for Fugyz and just ask how it is:
I'll let you know, I'll go with the flow - hurry up or miss the show
I don't care, I don't mind; I am aware - I am sublime!
I'll fill the emotion with rhyme - I'll be the notion of time,
and I will find the best way to grind - around any situation,
any stimulation and any demonstration:
Since our course of action and how we perceive this things
is what translates to the sensation of living beyond what breeding brings
'De tudo o que é perceptivel' - from the edges of the blessed to the roots of all evil
That's just life and its people - even you, even me: at ease or unintentionaly
but no disgust, none for anyone to see - it's who we are and what we may need to be...
Or is it all just the comsumption and consummation of this reality -
we create within our society(?)
Lets find out, shall we?

-
So use your head if you have one, get a brain if thou've got none
Responsability or fun?
To walk or to run?
You're in charge of what you own and postphone
Assimilate your personality with serenity, purpose and finality:
Embrace the eternal mortality.
-

(edit 18/01/2016)

21/03/15

Viagens 0.1

Certa noite perdido no meu caminhar
deparei-me contigo ao luar
Iluminado de descoberta e curiosidade
aventurei-me à procura de uma certa intimidade
Um novo caminho, um divino regaço
Aquele miminho, aquele abraço

-
Minha musa, minha tusa
és prazer de quem ousa
Inspiração da minha prosa
mordisca o lábio, aperta com força
Sensual e perigosa!
-

Os meus sentidos tornam-se tuas curvas
Os teus segredos o meu íntimo
Realidades turvas, vidas confusas
encontram-se no seu ritmo
Por amarmos o que somos
devemos ser o que amamos
Esgazeado de emoção
perdido na tua atenção
Estendo a minha palavra
onde não posso chegar com a mão

-
Minha musa, minha tusa
és prazer de quem ousa
Inspiração da minha prosa
mordisca o lábio, aperta com força
Sensual e perigosa!
-

Do delírio caótico
surge uma certa ambição
deixar de ser metódico
e entregar o coração
Entre os nossos corpos unidos,
encontramos pensamentos esquecidos
Em constante ebulição
o prazer é uma adicção
Tira tira, mete mete,
rebobina a cassete
Dois seres entrelaçados
dois destinos amados
Por entre as ironias da vida
escapando à rotina perdida.

-
Minha musa, minha tusa
és prazer de quem ousa
Inspiração da minha prosa
mordisca o lábio, aperta com força
Sensual e perigosa!
-

28/10/14

A tudo o que era Belo.

Inspirei o teu perfume,
inspirei-me nesse aroma
Reparei no teu instinto,
fi-lo tomar forma.

Por mares de fantasia e caos,
sejamos magia ou lobos maus
O encanto, o espanto! rodeia-nos constantemente
(in)coerente vontade de ser-se diferente,
ou pelo menos fora do banal.

Sabemos que tudo se transforma,
transmuta e projecta-se no abismo astral.
Há que encontrar o apogeu desta existência
para o bem e para o mal!

Criamos dentro da nossa própria inocência
pelo que o nosso cérebro permite sentir,
ou o que o nosso coração ajuda a transmitir.
Há que aprender, há que saber, há que reconhecer
Dar louvor à criação, pois a verdadeira loucura é não sentir paixão!

01/10/14

Gato Vadio

... é que realmente, a vida humana acarreta muita responsabilidade ética, moral e emocional - e ainda temos de fingir estar sadios e felizes no meio da merda e da miséria! e depois, perdemos os momentos, as empatias, as disputas saudáveis e o auxílio sem olhar a quem ou outrem, que fazem parte do que é realmente amar a vida.. Se não somos hipócritas, então o que somos? Porquê errar tantas vezes? É isto que me condena... mas que também me faz sorrir.. Somos estúpidos por natureza!
Pois precisamente por ser humanamente estúpido é que amo viver, ganhar e perder, dar e receber, ensinar e aprender... 
Se tudo tem os dois lados da mesma moeda, então também irei amar e odiar com as emoções à flor da pele! Porque assim como não há sombra sem luz ou não há silêncio sem música, nunca haverá felicidade sem miséria nem prazer sem dissabor.

25/02/14

Aos leitores...

 O poeta é comparado a um actor, tal como refere Luís Lima Barreto, passando a citar as suas palavras:
Para Pessoa, escrever um poema é reelaborar a emoção sentida em emoção intelectualizada e depois escrita. Um pouco como o trabalho do actor que representa e exprime intelectualmente emoções que não são as suas.

Olá caros amigos e amigas. Bem vindos!
Sintam-se à vontade (vontadinha!) de se perderem no tempo e quebrar a rotina. Entrem neste novo mundo! Tomem outra forma, outra figura, outra pessoa, mas sejam sempre vocês mesmos.
Lidem com os vossos problemas, liderem a vossa vida e tracem o vosso próprio destino.
«Onde há luz, há trevas» mas só a boa luz conseguimos enxergar o que realmente queremos.
Isto é um grito de guerra, um voto de confiança, uma mensagem de paz.
Abracem a guerra, a fome, o desconforto para conquistarem a paz, o prazer e o descanso!
E acima de tudo, riam, riam de tudo e nada, na tristeza ou no êxtase, na fúria ou no orgasmo...
PARAR É MORRER! Porque quem mais triste é, menos anda.

27/05/13

Burn

Conciso, preciso
necessito de paz
interior, o exterior
fazemos nós.

Nós, tu e eu
como quem fala
em cumplicidade
como quem falha
na sua felicidade

Perdão, desculpas
responsabilidades nulas
«Fumar o futuro até ao cartão»
ou pegar na tua mão

O meu tecto ou o meu chão?

Actuar, reagir, pensar, fugir
não, quero ou não quero?
Do inicio ao fim
parte de ti e de mim.

Fazemos assim, dou-te um beijo
tu lambes a mortalha
Eu rebento como cortejo
e tu matas-me na fornalha.

15/01/13

Message in a bottle

What was said, is said
What was felt, is there
Our needs and our deeds
the meanings to justify the ends

Simplicity is archieved
while our heartbeat sinchronizes with our minds
Without ego nor greed
we take what we chose to find

Take a moment to stop
and focus on yourself
You ain't at the bottom nor at the top
You're exactly where you want to be

Love and hate
give and take
It's never too soon
and it's never too late.

http://www.youtube.com/watch?v=cPh_9sRJycI

16/07/12

Dedicado

O início é sempre incerto
Mas o destino está correcto
Confia no que a mente sente

Não é superficial
Inexplicavelmente coerente
Tão banal e anormal

Despertar é alcançar
A energia é ardente
No esquecimento consciente

Esquecer o tempo e o real
Transformar o vento e sal
Acordar no irreal transforma o material. 

http://www.youtube.com/watch?v=15GOQWfpqYI&fs

17/01/12

Cycles 0.3 ~edit 08/01/16~

Seize the imperfection
search for the connection
a peaceful state of mind
a vision out'a sight
Come on, lie to me
I'll be what you wanna see
all the confusing lights
destroyers of the rights
Here's the sollution:
forget the intention
the past wont stay
and tomorrow is another day

~~
Roaming around on this path back home
Never knowing where I'm coming from
Looking around for a piece of my mind
Wherever I roam and choose  to find!
~~

Sometimes you have to go rougue and fall out of despair
Feeling something among the art of being fair
Within this state decide your faith
And - or fate - which you create

Within insanity you contain your humanity
Keep going and going, roaming and roaming
Open your sights, expand your mind
take what you find and embrace your fights
A wicked reality, fuck the majority!
Twisted thinking, only helps you sinking
Bad vibes, worst feeling, believe me
All you're doing is bleeding
Darkness, spreads all around
When you can't even hear how you sound
CRAZY! out of your fuckin' sanity, inhumanity!
What are you dying for?
What are you loving for?
What are you even fighting for?!

You can do more and more, have intuition and save your emotion!

 ~~
Roaming around on this path back home
Never knowing where I'm coming from
Looking around for a piece of my mind
Wherever I roam and choose  to find!
~~

26/02/11

Cycles 0.2

'Maybe this world is another planet's hell.' -Aldous Huxkley

Yet, I feel more and more like there ain't no heaven and hell, this is just it. The moment, the second, the tear and the smile, everything add up to a complex chaos in a simple mind. I'm tired already, and yet, I want more and more. Constant solutions cause constant problems, but I'm sad to be honest, because the problems ain't creating any solutions atm.
Life's a problem itself and, before you can even think about not giving a fuck about this or that, there's a long path to fill. Don't get me wrong, I like life and I like solving problems, yet I've got only one brain and there's too many riddles happening at the same time.
I find myself staring at the same PC screen, at the same pictures, listening to the same song over and over again for countless times. As the different situations are similiar and the time is countless, I wait for the break of this stupid routine. I choose my favorite analgesic and here I go again, hoping that this time it takes longer to break the spell.
But it turns out that the love for the pain is bigger than the love for the fun.
As I roam in a deeper state of frustration, I try to dream. Dream about a better place, dream about your face.

http://www.youtube.com/watch?v=B1zCN0YhW1s&feature=artistob&playnext=1&list=TLihrz5UQmBlE

22/02/11

Too sober.

It's hard to believe
Even harder to say
My appearance can deceive
But the feelings came to stay

Second intentions
Are made from double-actions
Maybe I don't understand
The meaning of blue and red

Now all I see is gray
As you and I fade away
Maybe in another time
I can write another line

http://www.youtube.com/watch?v=2A2XBoxtcUA

14/02/11

Happy Valentine's.

Uma tarde monótona
Uma ligeira alteração
Embrenha-te na conversa
E segue o coração

Viver é aprender
Alcançar e divertir
Abraça a oportunidade
E descobre como sorrir

Engraçado ou perdido
Pensar o que teria sido
Acordar é nascer
Não descansar até morrer

Perder medos
Encontrar segredos
Conseguir encantar
Saber gostar.

13/02/11

Deep inside.

Quando o certo é incerto
Ou o errado é correcto
Quando o drama é cómico
E o simples é complexo

Quando a água é fogo
Ou o frio é quente
Quando o preto é branco
E o que vemos, inexistente

Os meus olhos contradizem-me
As acções imunizam-me
Fico perplexo
Diante do teu reflexo

Um grito num sussurro
Uma palavra num silêncio
Um sorriso na tristeza
A imperfeita beleza.

http://www.youtube.com/watch?v=e2Ma4BvMUwU

11/02/11

Balance 0.1

Assusta-te, mas não fujas
Procura-te, mas não esqueças
Caminho certo ou incerto
Vira a curva

Olha para trás, mas anda em frente
Pára, mas não descanses
Visualiza o cruzamento
Mesmo que não exista

Uma diferença, uma igualdade
Terrível ou banal
A doce imperfeição
Ou a tardia perda do defeito

27/06/10

Pretty Vacant.

Lost in the school
I look like a fool
Can't get away
That's what I say

I wont go home
That's what I thought
But, there is hope
I've got no class!

I'm free, at last
Gotta get away really fast
Give a beer and some weed
I'm out with all I need

Don't call me, I wont answer
Don't bother me, you're cancer
I'm going and there's nothing you can do
I'm screaming: FUCK YOU!

18/05/10

Balance.

Perdi-me no vazio
Encontrei-me na razão
Esqueci o frio
E dei-te a mão

Amar é sempre belo
E o medo é o fim
Tira-me daqui
Liberta-me da solidão

O amor é uma perdição
Oh! Que doce tentação
Tal sentimento obscuro
Que domina o mundo

O equilíbrio é o desafio
E a verdadeira inquietação
Em mim um sim
Em ti um não.

09/05/10

Awaken.

Memories in my head
Images all around
Fears to be fed
And dreams to be found

Where's my brain?
When can I break down?
Where's my soul?
When will I wake up?

Make me smile
Make me cry
Make me fly
Make me fall

Can this be real
And make me ill?
Can this be fake
And make me awake?

16/04/10

Label me.

Procuro-te em vão
Perco-me na inexistência
Dá-me a tua mão
Apaga a minha experiência

Faz-me esquecer
Faz-me recomeçar
Prefiro não saber
Prefiro apagar

Apagar o conhecimento
A sabedoria
O acontecimento
Aquilo que sabia

Renascer
'Re-acordar'
Reviver
'Re-amar'

Uma reciclagem mental
Uma recriação corporal
Uma troca de consciência
O inicio da demência

Torna-me inútil
Ensina-me a ser fútil
Integra-me na sociedade
Leva-me toda a criatividade.

15/03/10

Gostar vs. Preferir

Gostaria de ser tudo o que desejas e muito mais
Preferia que não fosses tudo o que eu desejo e muito mais
Gostaria de poder completar-te
Preferia que não pudesses completar-me

Gostaria de ser mais do que um amigo
Preferia ver-te como apenas uma amiga
Gostaria que só visses o meu sorriso
Preferia não estar vidrado no teu sorriso

Gostaria de ser diferente
Preferia que fosses diferente
Gostaria de transformar os sonhos em realidade
Preferia que a realidade fosse apenas um sonho

Gostaria de saber o que é te ter
Preferia não saber o que é te conhecer
Gostaria que o sentisses
Preferia não o sentir

Gostaria que soubesses
Preferia não saber
Gostaria que não fosses a minha sorte
Preferia apenas ter azar.

23/02/10

De mim para mim.

Não vale a pena escrever,
É desnecessário falar.
Não importa descrever,
Basta relembrar.

Acorda, olha, pensa, compreende, vive.

Olha à tua volta,
Desiste!
Olha para ti,
Resiste!

Se tu não te importas, ninguém se importará.
Se tu não te preocupares, ninguém se preocupará.
Se tu não olhares, ninguém olhará.
Se tu não acordares, ninguém te acordará!

Tu já o sabes, mas insistes.
Tu reconheces, mas esqueces.
Tu sentes, mas não queres sentir.
Tu também entristeces, mas procuras sempre sorrir.

Acreditar?
Ver?
Preocupar?
Viver.